No Senado, deputado Davi Maia critica governo por não decretar emergência

O deputado estadual Davi Maia (DEM) criticou a negativa do governador Renan Filho (MDB) em decretar estado de emergência devido ao óleo que atinge o litoral de Alagoas. Ele falou sobre o assunto durante audiência pública nesta quinta-feira (17), na Comissão de Meio Ambiente do Senado, em Brasília.

“Infelizmente, por uma questão política, econômica, sei lá o que é, o governador se nega a decretar estado de emergência em Alagoas. E a gente precisa ter acesso ao Fundo Nacional de Meio Ambiente e ao Fundo Nacional da Defesa Civil… O cenário é de desastre e precisamos de recursos”, disse o parlamentar, acrescentando que o estado não pode trabalhar apenas com voluntários.

“Precisamos de mergulhadores, precisamos saber o que está ocorrendo com os corais e arrecifes. Não temos respostas, nem monitoramento. O governo federal tem ido aos locais afetados, mas ainda é muito pouco”, prosseguiu o deputado, que é presidente da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa.

Destacando a necessidade de registrar nacionalmente a negativa do governo estadual, Maia alertou que as manchas de óleo já atingiram pontos como a Costa dos Corais, a segunda maior do mundo, a Foz do Rio São Francisco e o Complexo Estuarino Lagunar.

17/10/2019

(Visited 3 times, 1 visits today)