Quarta pior defesa do returno, Botafogo busca retomar solidez da zaga contra o CSA

Dono da segunda pior campanha do returno, com apenas três pontos, e cada vez mais próximo da zona de rebaixamento, o Botafogo tem um jogo decisivo contra o CSA na próxima segunda-feira, no Nilton Santos. E para aumentar as chances de vitória de um time com dificuldades de fazer gols, o bom desempenho da defesa será fundamental para o Alvinegro. Nas sete rodadas do returno, porém, a equipe foi vazada em todos os jogos, com dez gols sofridos em sete partidas.

No returno, o Botafogo tem a quarta pior defesa entre os times da Série A, abaixo apenas de Avaí, Atlético-MG, com 14 gols sofridos, e CSA, com 12 vezes. O cenário é bem diferente do turno, quando o clube terminou as primeiras 19 rodadas com a sexta melhor defesa, com 19 gols sofridos. Apesar da média de um gol sofrido por rodada, o Botafogo não foi vazado em sete desses jogos, com quatro vitórias e três empates, e somou 15 de seus 27 pontos na primeira metade do torneio — graças ao bom desempenho defensivo.

Substituto imediato de Joel Carli, que desfalcou o Botafogo em seis dos sete jogos do returno, Marcelo Benevenuto, pode ser titular mais uma vez, dessa vez no lugar de Gabriel, que levou uma pancada na coxa direita durante o clássico e ainda é dúvida. Ele não considera que as ausências de titulares sejam o principal motivo para a má campanha do returno.

— Não afeta. O Kanu (que substituiu Gabriel contra o Vasco) entrou bem demais, relembramos a dupla de zaga campeã brasileira sub-20 em 2015. Não acredito que seja esse o problema — opinou.

20/10/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)