Alagoas é terceiro colocado no ranking nacional de contratação de trabalhadores

Estado teve saldo positivo de mais de 4 mil admitidos em agosto segundo Caged

1e1c088a183c78c850b30bc5904c23d3_l
Em 2015, foram registradas 11.858 contratações, contra 7.759 demissões no mercado de trabalho(Foto: Ilustração)

 

Alagoas foi o terceiro colocado no ranking nacional de contratações de trabalhadores no mês de agosto de 2016, atrás apenas de Pernambuco e Paraíba, respectivamente. O Estado apresentou um saldo positivo de 4.099 empregos com carteira assinada, resultado de 11.858 contratações e 7.759 demissões no mercado de trabalho.

O setor que mais contratou foi o da indústria de transformação, com saldo de 4.774 empregos formais. Este resultado é decorrente do impacto da alta do cultivo de cana-de-açúcar no Estado.

Os dados foram analisados pelo Observatório do Trabalho, setor ligado à Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego (Sete), com base no relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado sexta-feira (23), pelo Ministério do Trabalho.

Diante do resultado, o secretário do Trabalho, Sérgio Figueiredo, mostra-se confiante na recuperação da economia alagoana e considera que esse sinal de reaquecimento será uma tendência para os próximos meses.

“Embora o reflexo atual seja apenas de um segmento, acredito que outros setores produtivos irão reagir com a proximidade do fim do ano, pois a determinação do governador Renan Filho é continuar contribuindo com políticas específicas para minimizar os efeitos da crise para o alagoano, a fim de que ele tenha oportunidades de retornar ao mercado de trabalho”, declarou.

Pinehas Furtado – Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *