EMOCIONANTE: Fotógrafa vai trabalhar em casamento e descobre que é a noiva

O que Laura achou que seria mais um dia de trabalho era, na verdade, um pedido de casamento inusitado para ela, todo organizado pelo seu namorado.

image

Era tarde de quinta-feira e a fotógrafa Laura Alvarenga, 28, separava sua máquina, as lentes, flashs e saia para registrar mais um casamento. Desde as 15h ela acompanhava a noiva e clicava cada momento para o making-of. Enquanto isso, na capela do Colégio Arnaldo, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, apesar do atraso de sua futura mulher, o noivo seguia tranquilo e aguardava sem preocupações. Quem esbanjava ansiedade era o também fotógrafo Jivago Sales, 39, namorado de Laura, que desde as 17h corria de um lado para outro e se preocupava com cada detalhe da cerimônia. É que ele seria protagonista de uma grande surpresa naquela noite.

A noiva só chegou as 20h30 junto com Laura que se juntou a Sales para fotografar a cerimônia. Quando a noiva subiu ao altar o padre deu um início diferente a cerimônia e disse que por causa do atraso dela ele ia chamar logo a porta aliança. A menina entrou de frente para as lentes da fotógrafa que foi surpreendida quando a garota virou as alianças com uma foto do casal de fotógrafos para ela em vez da noiva. A cerimônia era toda falsa e o que Laura achou que seria mais um dia de trabalho era, na verdade, um pedido de casamento inusitado para ela, todo organizado pelo seu namorado.

Há três semanas Sales organizava um casamento falso com a ajuda de amigos, familiares e alguns profissionais que trabalham com ele. Os noivos e os convidados eram amigos de Sales que Laura não conhecia. Só o padre e o cerimonial eram de verdade, mas  sabiam de toda a farsa. “Tive que alugar a igreja e convencer os amigos a se vestirem e virem para um casamento de mentira na quinta-feira a noite”, contou Sales.

Todos sabiam, menos Laura que estava empenhada em registrar a cerimôria. O susto foi tanto que, mesmo depois de ter as alianças viradas para ela, a fotógrafa não parou de tirar fotos e só depois de alguns cliques vieram os sorrisos e as lágrimas. Foi ai que as câmeras dos vários fotógrafos amigos do casal se viraram para ela, registrando a emoção.

Os familiares e amigos de Laura que estavam escondidos do lado de fora entraram na igreja como se fossem os padrinhos do casal e entregaram flores para a fotógrafa. Depois ainda mais uma surpresa, Sales entrou na igreja dançando e foi ao encontro da namorada que passava a ser sua noiva e ela sem nenhuma dúvida disse “sim” e reforçou “é claro que é sim”. O padre aproveitou o momento para abençoar as alianças.

“Ela achou que o pedido ia ser com um jantarzinho sem graça na casa dela, mas é claro que não”, contou Sales. “Você é doido amor”, repetia Laura. “Eu não desconfiava de nada. A noiva de mentira me falou que estava nervosa e eu ainda fiquei acalmando ela”, complementou a fotógrafa.

Farsa bem montada

A cerimônia de casamento estava tão bem organizada que tinha até docinhos bem-casados para entregar para os candidatos no final. O cerimonial foi feito por uma empresa que costuma trabalhar sempre com Sales. Eles disseram que quando souberam da ideia logo se disponibilizaram a colaborar.

Os amigos do casal foram como convidados e estavam devidamente vestidos com roupas de gala. “Quando o Jivago me chamou pelo Whatsapp eu aceitei na hora. Fui até ao salão e fiz as unhas e cabelo”, brincou a fotógrafa Juliana Marlin, 31.

O Tempo