Populares destroem casa de suspeito de estuprar e matar menina no Ceará

O suspeito teria matado a menina temendo que o estupro fosse descoberto

naom_57e9738b86e3c

Vizinhos e amigos da família da menina Rakelly Matias Alves, de 8 anos, estuprada e morta por um caseiro, destruíram a residência do suspeito, em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com o delegada da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Socorro Portela, os moradores da região também quebraram o muro do sítío onde o caseiro trabalhava, local onde o corpo da menina foi encontrado, dentro de um poço.

Segundo informações do G1, a vítima foi abusada sexualmente e depois morta por sufocamento pelo caseiro, de 33 anos. Ele teria matado a menina temendo que o estupro fosse descoberto.

O caseiro foi autuado em flagrante e responderá por homicídio, estupro de vulnerável e ocultação de cadáver. Se condenado, poderá ser punido com até 43 anos de prisão.

noticiasaominuto

26/09/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *