Seprev participa de Ocupação Preta no centro de Maceió

Ação disseminou informações sobre o trabalho infantil em evento contra o racismo

665d3585817aeae79eb31763b54584ac_L

A população de Maceió amanheceu, nesta segunda-feira (18), sendo informada e mobilizada para questões sobre o racismo. É que foi realizada, no comércio da capital alagoana, o evento Ocupação Preta para abrir diálogo sobre o tema e debater sobre a exclusão social de negros.

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) esteve representada no evento fazendo, por meio da Superintendência da Criança e do Adolescente, que realizou divulgação da campanha “Você compra uma flor, ela vende a infância”, que visa combater o trabalho infantil em Alagoas.

Para a coordenadora do projeto Raízes da Africa, Arísia Barros, organizadora do Ocupação Preta, a presença da Seprev no evento é fundamental para prevenir a violência da população negra. “A grande maioria das crianças envolvidas no trabalho infantil são negras. Devemos acabar com essa situação”, disse Arísia Barros.

Segundo o superintendente da Criança e do Adolescente, Ronaldo Targino, “a exploração da força de trabalho da criança a expõe a diversos fatores de risco como a prostituição, ao assédio, às drogas”. E completa: “Por isso é importante desenvolver na população um olhar de fiscalizador, para que denuncie os casos e contribuam para a erradicação desta prática ilegal”.

Para denunciar qualquer prática envolvendo a exploração do trabalho infantil, basta ligar para o Disk 100.

No Ocupação Negra, também foram ofertados serviços para a saúde, com exames rápidos, além de serviços da defensoria pública que orientou as pessoas onde denunciar casos de racismo.

Victor Brasil – Agência Alagoas

18/07/16